Amor · Caixa de contos

Déjà vu {Caixa de contos}

post deja vu

Eu te encontrei em todos os lugares por onde andava. Encontrei-te em outros rostos, em pensamentos jogados ao vento, em uma conversa entre desconhecidos. Reencontrei-te em minha vida.

Não! Provavelmente você nem se lembra mais de todos os nossos momentos juntos, não lhe passa pela cabeça recordar. Não, você não está mais perto de mim. É só a minha cabeça que quer me colocar para mais perto de você.

Estou tendo déjà vu, sabe? Quando temos a impressão de estarmos na mesma situação duas vezes? Pois é, encontrei-te até na semelhança com novos relacionamentos. As vezes parece que todas as pessoas que surgem na minha vida repetem seus passos. É como se elas te conhecessem ou soubessem que você tinha abalado meu mundo assim.

Gostaria de desassociá-los de tudo que vivemos. Gostaria de lembrar que cada caso é diferente e que mais ninguém no mundo é você. Algumas vezes eu consigo, mas algo sempre aparece para me boicotar.

Entenda: não te amo mais, eu simplesmente não consigo a proeza de não lembrar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s