Caixa de contos · Escrever · Estórias

Perdida {Caixa de contos}

Post perdida

Perdi-me em algum lugar entre as louças sujas e a pilha de roupas para passar. Fiquei presa na metade do caminho e nem mesmo com toda a ajuda do mundo, consegui me encontrar. Perdi-me em algum caminho entre a Rua Augusta e a minha casa. Perdi-me entre as folhas caídas e o asfalto quente.

Não me encontrei em nenhum dos CDs guardados por estilos em pequenas caixas e nem em todos os livros calmamente dispostos em ordem de tamanho no alto da estante da sala. Também foi impossível me encontrar em meio a filmes de ficção e muito menos naqueles baseados no pleonasmo puro de conter “fatos reais”.

Joguei-me no alto do beliche do meu antigo quarto, na minha antiga casa, e observei o morro ao longe. Morro que poderia ser do Rio de Janeiro se eu não estivesse ainda em meio a grande São Paulo.

Fechei os olhos e me perdi entre os uivados do cachorro e os barulhos no portão às 22hs. Ao amanhecer me perdi ainda mais com a mania do sol e da lua de todo dia querer dividir o espaço do céu logo pela manhã.

Perdi-me entre o que é certo e errado, o que é bom e o que é ruim. Só não perdi o cheiro que você deixou e nem a raiva que me dá por tentar negar tudo o que eu digo. Perdi-me em algum lugar entre o começo e o final de toda essa história, mas, apesar de ainda não saber onde estou, ao contrário do que possa pensar, eu não perdi a mim mesma.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s