Amor · Caixa de contos

O ano em que o mundo parou de amar {Caixa de contos}

neve

O ano é 2035. Já passo dos meus quarenta anos e vivo em um mundo sem amor. Estou no mesmo lugar que estive anos atrás, mas muita coisa simplesmente mudou. As pessoas passam só se preocupando com o tempo e se irritam até o canto dos pássaros às seis da manhã.

Pergunto-me se sou a única que restou que ainda vê beleza nas coisas sutis e que ainda ama o brilho nos olhos das pessoas – coisa que já não vejo há tempos. Pergunto-me se sou a única que ainda canta de alegria e se derrete com o sorriso do filho. Se sou a única que enxerga os detalhes e que mede as palavras antes de falar.

Lembro-me de como era fácil ver pessoas na rua de mãos dadas, sorrindo umas ás outras, trocando experiências. Agora vejo um monte de nada!

Amor. Algo tão simples e não mais praticado. Com o passar do tempo à humanidade vinha arrumando todos os jeitos possíveis de ter menos contato pessoal. Cartas, redes sociais, mensagens. Ninguém se importava em falar coisas importantes pessoalmente. Os relacionamentos passaram a ser segundo e, agora, são terceiro plano.

Olho nos olhos e vejo o estresse estampado. Vejo pessoas sem paciência com o transporte coletivo que não muda desde que me entendo por gente. Vejo prédios e cada vez menos árvores. Vejo lugares incríveis cobertos por pichação e vejo gente desprovida de sentimentos entrando em meu vagão.

Tenho medo do que me tornamos e tenho medo do que o mundo reserva para os dias que estão por vir. Tenho medo do preto tomando conta da bandeira brasileira e das manchas escuras que vem cercando o ar. Tenho medo do seu egoísmo puro e tenho medo de também não conseguir mais amar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s