2016 · Comportamento · Cultura

Sou puta!

myulher

O mundo se virou contra mim e gritou “Puta!” e eu sou!
Sou a puta que sai de casa antes das 6 da manhã com vestido e salto alto para encarar mais um dia quente no caminho do trabalho.
Sou a puta no inverno quando deveria me cobrir de acordo com o frio que toda a sociedade sente.
Sou a puta até mesmo de calça,  casaco, toca e bota. Sou a puta de batom vermelho desenhando as linhas de meus lábios.
Sou a puta do cabelo curto que julgam através de estereótipos por mim largados no passado.

Sou a puta de cabelo grande por querer me destacar.
Sou puta com delineador nos olhos e cabelo preto. Sou a puta que todos julgam como patricinha.
Sou a puta ex do seu namorado e sou a namorada baranga atual.
Sou puta por não ter arrumado a casa, sou puta quando encho o seu saco querendo arrumar.
Sou puta quando tem uma louça na pia ou quando deixo o arroz queimar.
Sou puta por querer nada mais que uma transa. Sou puta com ou sem camisinha. Sou puta quando tenho filho e o mesmo quando quero abortar.
Sou puta tarde da noite quando volto para casa em uma rua mal iluminada.
Sou puta quando encostam em mim no trem e quando sou estuprada.
Sou puta quando denuncio e também quando sofro calada.
Sou puta porque o que eu estava fazendo sozinha na rua a essa hora?
Sou puta porque quem mandou não prestar atenção no que estava bebendo?
O mundo virou as costas para mim e gritou “Puta”. E eu sou.
Virei as costas para o mundo, com minhas mãos em punho.

Eu luto,

Puta!

Anúncios

Um comentário em “Sou puta!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s