Comportamento

Apartamento 304

Foto: Pinterest/Reprodução

Isso é para te falar que eu comecei a ver Breaking Bad e que cheguei em menos de dois dias na segunda temporada. Viciada, passo horas sentada no sofá, com o quarto ao lado tentando me lembrar da mala que ainda falta arrumar.

Isso também é para te dizer que esses dias, passando em frente a uma livraria, quase comprei aqueles três livros que você me falou. Por parar para pensar um pouco no meu extrato bancário, porém, decidi deixar para o mês que vem, quando os número estiverem bem e tiver um espaço livre na prateleira em frente ao corredor.

Aqui, gostaria de admitir que queria ter saído daí com os livros dentro da bolsa. Lembranças da sua pessoa, que traria comigo a caminho de meu lar. Eu os traria pois já tinha me encantado com o cheiro; o cheiro que eles têm e aquele cheiro que tens tu. E, aqui, os devoraria em minha cama, meses depois, com a desculpa que chama, os retornaria com o cheiro que dei. A eles, dei o cheiro que tenho em mim.

Isso é para te dizer que hoje escutei Los Hermanos e que toda vez que coloco “O Vento” me transporto para o momento em que via você sacudindo as mãos no ar em euforia. Lembro-me de seu cabelo enrolado, aquele seu sorriso de lado e a fumaça de um cigarro saindo pelo canto da boca durante seu cantar.

Isso é para te dizer que escrevi para você como disse que faria. Escrevi, pois continuo a voltar aquela tarde em Botafogo, caminhando ao lado de barcos balançando levemente no mar. Escrevi, sim, em menos de trinta minutos depois das primeiras frases saírem de minha boca enquanto já me encaminhava para deitar.

Isso é para te dizer que ainda espero te ver prestes a me ajudar em um ponto, uma vista qualquer, ainda que eu já saiba exatamente onde tenho que chegar. Espero, para que assim possa te devolver a lista de indicações riscadas, palavras que foram cortadas, por já ter visto tudo que achou que eu também pudesse amar. Espero te ver para entregar meus beijos que não foram entregues, porque ainda que me leve, o carteiro se recusou a entregar. Espero te ver para que possas me passar teu cheiro, o cheiro do corpo que tens, para que eu possa exalar. Espero, para que eu possa te dar o meu cheiro, de todo o meu intento, o cheiro que tenho em mim. Espero que possas me ver por inteiro e para que, por favor, não me deixe mais sair.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s