Caixa de contos · Romance

Entre a tatuagem e a dança

tumblr_n5qzdnxnib1qk0cido1_1280

Desenhei para ti em meu corpo de forma que me encobrisse do desejo de ser tua novamente. Cravei esse teu momento em minha pele com a agulha para tornar eterno todos os finitos segundos em que não passastes somente pela minha mente.

Meus lábios, decidi pintá-los de vermelho para que sempre pudesse prová-los. Senti-los sabor cereja. Torná-los teus, fazê-los de meus, tua bandeja. Seu café da manhã, almoço, jantar e teu lanche que procura de madrugada como sobremesa.

Do sal que escorre pela pele, joguei em mim as gotas que foram suas. Perfume raro. Dos frascos, é o que tem a essência mais pura. Aquela que causa à cabeça dormência e ansiedade para que nunca mais possa passar.

Em cada centímetro do teu toque, redescobri em mim o caminho. Com você meu ser já não estava sozinho e mesmo sem as setas, sem as placas guiando o destino, sabia muito bem por onde podia andar.

Desenhei para ti nas linhas de meu corpo. Desenho para que não tenha vontade ir embora, pelo menos não por essa hora e que, se for, possas desejar voltar. Tatuei meus traços no seu corpo para que você se lembre o que é ter meu jeito de amar.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s